Foto de Thaís Grechi

Diogo Liberano

Diretor teatral graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pela qual também é Mestre em Artes da Cena (PPGAC/UFRJ), é dramaturgo e, atualmente, doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PPGLCC/PUC-Rio).

Dentre suas principais atividades profissionais, é professor da Faculdade CAL de Artes Cênicas, coordenador e professor do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI e diretor artístico e de produção da companhia carioca Teatro Inominável. Suas áreas de interesse misturam atuação e direção teatral, dramaturgia, performance, curadoria e ensino de artes cênicas.

 

Dirigiu cerca de trinta espetáculos teatrais, fez curadorias de mostras e eventos artísticos e escreveu cerca de quarenta dramaturgias, todas elas encenadas. Algumas delas, estão publicadas pela editora Cobogó: SINFONIA SONHO (2001), JANIS (2015) e YELLOW BASTARD (2019).

 

​Por seu trabalho, foi indicado aos principais prêmios de teatro do Rio de Janeiro: Prêmio Shell (em 2015, pela dramaturgia de O NARRADOR e, em 2016, pela de OS SONHADORES), Cesgranrio (em 2015, pela dramaturgia de O NARRADOR e pela direção de A SANTA JOANA DOS MATADOUROS, junto com Marina Vianna e, em 2016, pela dramaturgia de OS SONHADORES), APTR (em 2013, pela dramaturgia MARAVILHOSO) e Questão de Crítica (em 2012, pela direção de SINFONIA SONHO e pela realização da primeira edição da Mostra Hífen de Pesquisa-Cena).

Para acessar o currículo Lattes de Liberano, clique aqui.

E-mail para contato:

diogoliberano@gmail.com

© 2021 por Platô - Pesquisa e Produção.

  • Branca Ícone Instagram